{jcomments on}Otto Royer - Selbach - RS (falecido)

Em 1939 surgiu, em Selbach, o Primeiro Tiro de Guerra e funcionou até 1942, com setenta componentes no primeiro ano. Este servia para treinar soldados e fornecia um certificado de Segunda Categoria aos participantes. O Tiro de Guerra foi criado para suprir necessidades que surgissem devido à II Guerra Mundial. Otto também participou destes treinamentos onde aprendeu muito, o que o auxiliou como soldado convocado.

Após o Tiro de Guerra, Otto foi convocado para servir no Oitavo Regimento de Infantaria de Cruz Alta-RS. Otto já estava nove meses em Cruz Alta quando o Ministro de Guerra "General Dutra", chamou-os. Assumindo seu compromisso de cidadão, Otto encarou com coragem e otimismo o desafio de defender a Pátria. De Cruz Alta, juntamente com os companheiros, foi de trem até o Rio de Janeiro onde, ficaram em treinamento por trinta dias. Receberam fardamentos, mantimentos e tudo o que faltava em Napolis e no dia dois de julho de 1944, em grandes navios americanos, embarcaram para a Itália. Levaram quinze dias até chegarem ao porto de Nápolis. Em Napolis havia um vulcão extinto, Agnar, queo Rei Manoel II havia transformado em Jardim Zoológico, foi nesse lugar que os pracinha armaram suas barracas e descansaram dos quize dias de viagem.

Mais tarde foram conduzidos por caminhões americanos para a antiga cidade de Tarquinia, quarenta e cinco quilometros distante de Roma. Receberam, ali, instruções por quinze dias e foram transferidos para um acampamento no porto de Vada. Na região onde atuava o 3o.batalhão do 6o. RI não havia muito combate, mas o confronto se realizava periódicamente.